Incêndios Florestais

387

Conceitua-se incêndio a presença de fogo em local não desejado e capaz de provocar, além de prejuízos materiais: quedas, queimaduras e intoxicações por fumaça.

O fogo, por sua vez, é um tipo de queima, combustão ou oxidação; resulta de uma reação química em cadeia, que ocorre na medida em que atuem:

a) combustível,
b) oxigênio,
c) calor e
d) continuidade da reação de combustão.

Os incêndios florestais

Onde ocorrem: Em áreas tropicais ao redor do Equador e em regiões dos trópicos que possuem uma estação de seca.incendios florestais

Ocorrências por ano: É difícil dizer, porque muitos incêndios são iniciados intencionalmente. A cada ano, 150.000 km² são destruídos por fogo/desmatamento.

Vítimas fatais: Inúmeras espécies de plantas e animais.

Os incêndios florestais se movem relativamente devagar por entre densos arbustos tropicais. Muitas árvores grandes são feridas mortalmente pelas chamas e morrem algum tempo depois de o incêndio ter acabado.

As queimadas são utilizadas para limpar áreas da floresta tropical, para que a terra seja usada para agricultura, e muitas vezes estes incêndios escapam ao controle. Entre 1997/8, os incêndios incontroláveis destruíram uma média de 200.000 km² de florestas na Ásia e América Latina. As emissões resultantes desses incêndios se equivaleram a 40% das emissões de carbono de combustíveis fósseis no mesmo período em todo o mundo. Incêndios florestais como esses têm um grande impacto na flora e fauna locais e também no ecossistema mundial. A poluição e a perda de gases naturais produzidas pelos incêndios florestais podem influenciar nosso clima e afetar a saúde de milhões de pessoas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui