Folhas verdes

316

Vejo o céu e o jardim “ser parecido”.
Vejo em seus olhos o sol ser duplicado. 
Há passarinhos cantando a maravilha. 
E pessegueiros em cor serem semeados. 
O ar em fresco Adônis enamora. 
O Ipê – quão – tão lindo faz-me rir. 
É primavera imprimindo a cor pisada. 
A Terra inteira em coração se faz abrir. 
A cinza. 
O pó. 
A sombra. 
O nada. 
Minha vida são flores derretidas. 
Magia? 
É a neve desfolhada. 
Inverno: sonho em despedida. 
Oh! Povo! Escute as sonoras aves. 
Sinta a Terra a primavera agradecer. 
É natureza implorando a “deus”, ao Céu 
Para a vida aqui na Terra acontecer.

Autora: Rosi Cheque

A poesia está no livro RETRATO, de Rosi Cheque – jornalista e educomunicadora ambiental. O livro RETRATO tem o objetivo principal de despertar a consciência conservacionista em relação aos escassos e tão ameaçados recursos naturais do País, bem como construção da cidadania, ética e cultura de paz.

Informações: http://www.allprinteditora.com.br/catalogo2/retrato.htm
Contato com a autora: rosicheque@gmail.com

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, deixe seu comentário!
Por favor, coloque seu nome aqui