6 formas de preservar a saúde de suas plantas

0
330

A escolha do vaso e a limpeza das folhas são fundamentais para garantir qualidade de vida para as plantas.

Ter plantas em casa é uma escolha que só traz benefícios para a sua saúde e o seu dia a dia. Elas são capazes de purificar o ar, removendo os poluentes e diminuindo a incidência de doenças respiratórias. Além disso, elas refrescam os ambientes, deixando a casa mais arejada e diminuindo a sensação de calor. Sem contar que cuidar das plantinhas reforça a relação com o meio ambiente, e é uma maneira de relaxar e ter um tempo para si, deixando a ansiedade e o estresse de lado.

No entanto, as plantas também precisam de cuidados para terem uma vida saudável. É preciso entender como escolher ar-condicionado para os cômodos onde elas estão, saber como a incidência de luz pode afetá-las, entre outros fatores. No texto abaixo, conheça 6 conselhos imprescindíveis para cuidar melhor das suas plantas.

Tenha atenção para o vaso certo

Uma das principais dicas para cuidar bem da sua planta e proporcionar qualidade de vida para elas é escolher o vaso certo. Dependendo da espécie, o recipiente escolhido pode ser muito pequeno, impedindo que a planta tenha espaço suficiente para crescer e se desenvolver — podendo, até mesmo, matar a planta.

Outro ponto importante é que os vasos devem ter furos na parte interior, permitindo que o excesso de água seja drenado e impedindo o “afogamento” da planta. Assim, lembre-se de pesquisar e informar-se bem sobre a planta que pretende ter e quais são suas características, para que você encontre o vaso que seja mais adequado.

Mantenha a planta úmida

Para quem mora em um lugar com pouca umidade, é preciso compensar essa característica para que a saúde da planta não seja prejudicada. Para isso, você pode utilizar uma panela rasa cheia de cascalho e colocá-la debaixo da planta, adicionando um pouco de água. Quando a água evaporar, o nível de umidade em torno da planta vai aumentar. Outra possibilidade é utilizar um umidificador, que será capaz de proporcionar o que a planta precisa.

Limpe-as com frequência

Muitas pessoas que têm plantas em casa não costumam praticar um hábito que faz toda a diferença na preservação delas: a limpeza. O acúmulo de poeira nas folhas dificulta a respiração delas, por isso é fundamental mantê-las sempre limpas. Essa higienização pode ser feita com um pano de microfibra levemente úmido ou com um pedaço de papel úmido.

Também é preciso ter muita delicadeza nessa tarefa para não danificar a folha durante o seu manuseio. Cuidado e paciência também são essenciais, uma vez que todas as folhas devem ser limpas, e isso demanda tempo e concentração.

Atente-se para a iluminação

A iluminação e o contato com o sol são fundamentais para o bem-estar das plantas. Mesmo no caso das espécies que não precisam muito desse contato, o recomendado é que elas fiquem uma parte do dia sendo iluminadas por ele. Entretanto, é necessário se atentar à adaptação da planta nesse ambiente. Ao movê-la de um cômodo pouco iluminado para um com alta intensidade solar, há o risco de as folhas se queimarem. Então, é necessário testar para ver onde ela ficará melhor.

Tenha uma “babá”

Vai precisar viajar por dois ou três dias e está preocupado com a saúde da sua planta? Uma garrafa de vinho vazia com uma rolha pode ser a solução que você procura. Encha a garrafa com água e faça um furo pequeno na rolha, tampando a garrafa em seguida. Depois, basta enfiar a garrafa de cabeça para baixo no solo em que a planta está. Assim, a água será despejada aos poucos no período em que estiver ausente, podendo ser o suficiente para duas semanas.

Fique de olho no ar-condicionado

Caso você tenha um ar-condicionado em casa, é preciso ter atenção redobrada ao colocar suas plantas no mesmo ambiente que o aparelho. Como explicado acima, a umidade é bem importante para as plantas, e o ar-condicionado está sempre retirando a umidade do ambiente. Por isso, é importante umedecer o solo dos vasos, tomando cuidado para não encharcar as plantas, o que também é prejudicial.

Vale ficar atento também ao controle de temperatura do ambiente. Assim como no caso dos humanos e dos bichos de estimação, as plantas não gostam nem de calor nem de frio intenso. Controle sempre essa temperatura e lembre-se de programar o aparelho para ele desligar quando não estiver em casa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here