Atividades sobre o Meio Ambiente – Mural Didático de Educação Ambiental

0
4859

A educação ambiental é o processo de educar os indivíduos sobre o meio ambiente, sua importância e seus recursos. Os programas de educação ambiental ensinam os alunos sobre o meio ambiente local, incentivando-os a participar de atividades sobre o meio ambiente que o protegem e conservam. Eles também incentivam os alunos a agir, como reciclar, reduzir o desperdício e ajudar a restaurar áreas danificadas.

Os programas podem variar de aulas em sala de aula a viagens de campo ao ar livre e podem ser realizados em qualquer faixa etária. A educação ambiental é parte importante da construção de uma sociedade informada, ativa e solidária. Pode ajudar as pessoas a entender a importância do meio ambiente e aprender como podem ter um impacto positivo sobre ele.

Por muito tempo a educação ambiental se concentrou em questões de conservação: proteção de espécies ameaçadas, preservação de áreas selvagens etc. agricultura sustentável etc. Hoje se torna muito importante colocar na prática várias atividades sobre o meio ambiente.

Meio Ambiente – Atividades

A) OBJETIVOS DA ATIVIDADE:

  • Contribuir com a formação dos sujeitos ecológicos.
  • Possibilitar o debate sobre as questões ambientais que nos desafiam na contemporaneidade.
  • Propiciar o desenvolvimento de ações que evidenciem relações positivas com a vida.

B) Faixa etária: Atividades Meio Ambiente Educação Infantil ao 9° Ano (com as devidas adaptações)

C) Materiais:

O “mural didático” é um recurso visual muito conhecido entre os educadores e outros profissionais.

Em geral, sua forma é retangular ou quadrada – mas nada impede que receba outras formas (por exemplo: oval/redonda/esfera – imitando o formato da Terra)

Pode ser de madeira, isopor, cortiça, papelão ou isopor (puro ou encapado com feltro ou papel camurça)

Em geral, é colocado na parede (dependendo do material do mural, ele pode ser parafusado na parede ou apenas afixado com fitas adesivas)

D) PRATICANDO:

  • Organize um grupo de pessoas (os alunos ou pessoas de outros espaços) dispostas a “fazer educação ambiental”;
  • Divida tarefas: a cada semana uma pessoa (ou grupo) é responsável por pesquisar um assunto referente às questões ambientais (o assunto pode ser definido previamente: os problemas referentes ao uso irracional da água, do solo, desmatamentos, extinção de animais, plantas etc); Dessas temáticas, uma – ou mais, dependendo das possibilidades de cada grupo – pode ser escolhida para ser aprofundada em forma de projeto, articulando-se às disciplinas curriculares.
  • Coletado o material (xerocado, digitado, recortado de revistas, jornais, etc) o mesmo deve ser colocado no mural didático com alfinetes, fitas ou percevejos;
  • Quando a atividade for realizada com alunos (em escolas ou em Centros de Integração) é fundamental que haja um momento para leitura e discussão/debate sobre as matérias/notícias/dados/informações. Do mesmo modo, o debate, a reflexão coletiva não pode deixar de ser feita quando o trabalho for realizado com grupos de terceira idade, associação de bairros ou empresas etc.
  • É importante, também, que a partir das discussões, propostas de atividades, de práticas sejam elaboradas (ex: problemas com a fonte abastecedora do município: visita à empresa responsável pelo tratamento; fotos de locais onde a água está sendo poluída; carta às autoridades competentes cobrando responsabilidades, outdoor educativo dirigido à comunidade etc).
  • É fundamental que o grupo responsável pelo “Mural Didático de Educação Ambiental” o alimente com novas notícias pelo menos a cada quinze dias.
  • Quando a atividade for feita em empresas é fundamental que haja uma pessoa responsável pela organização das equipes de trabalho.
  • Quando o “Mural de Educação Ambiental” for disponibilizado em espaços públicos (parques, entradas de lojas, shoppings etc) (e sobre um tripé, por exemplo), o organizador poderá deixar uma caixinha de sugestões para que os leitores das matérias opinem. Com as opiniões coletadas, o organizador poderá organizar um panfleto virtual ou impresso ou, ainda, elaborar uma matéria e enviar para um jornal.
atividade meio ambiente
Imagem: Adobe Stock

E) ARTICULANDO:

Artes:

  • fotos, colagens com materiais diversos (relacionados com as matérias da semana), pintura (a tinta pode ser feita com materiais ecológicos/naturais: terra, colorau (urucum), etc);
  • exposição da atividade realizada durante uma reunião com pais e professores;

Matemática: Exemplo: se o mural for sobre a água:

  • quanto se consome de água mensalmente na família, o que pode ser feito para reduzir o consumo desnecessário (desperdício) de água (acompanhar pelo talão de água);
  • quanto se consome de água na escola (empresa etc) e propor o uso racional da mesma – caso não haja –;
  • distância para obtenção da água (muita gente precisa caminhar muito para obter um copo de água). Esse não é, obviamente, um mero problema matemático, é um problema socioambiental de graves proporções;
  • percentual de pessoas/ países com acesso/sem acesso à água / esgoto tratados;
  • custos do tratamento da água

Geografia:

  • distribuição da água doce/salgada pelo Planeta, no país, Estado, cidade (é importante construir mapas, maquetes);
  • relação entre água e produção de grãos;
  • relação entre distribuição da água, seus usos políticos, produção e consumo de alimentos, fome (geografia política, física, humana);

Ciências: (naturais/sociais/da saúde)

  • relação entre água, saúde e doenças
  • água: seus usos e abusos (poluição, tratamento, distribuição)
  • águas termais e seu uso medicinal

Ensino Religioso:

História:

  • a água e seu uso no processo produtivo no decorrer da história dos povos/sociedades
  • os rios da cidade (seu histórico, histórico de poluição e despoluição);
  • facilidades e dificuldades históricas dos povos e da comunidade para a obtenção de água;
  • lutas das comunidades pela obtenção de água tratada (história política)
  • legislação sobre a água (órgãos nacionais, estaduais e municipais)
  • des/conhecimento da população sobre a legislação referente à água (rearticular com matemática: gráficos, percentagens etc)

Você poderá se envolver em atividades sobre o meio ambiente. Esse tipo de grupo é uma ótima maneira de aprender mais sobre o mundo ao seu redor e o impacto de suas ações no meio ambiente. Você também pode ajudar a proteger a vida selvagem juntando-se a um grupo de conservação da vida selvagem. Ao aprender mais sobre o meio ambiente, você poderá tomar melhores decisões sobre como agir para protegê-lo.

Existe uma variedade de diferentes tipos de grupos ambientais. Alguns se concentram na proteção da vida selvagem, enquanto outros se concentram na proteção do meio ambiente em geral. Alguns grupos estão focados em causas específicas, enquanto outros são mais amplos. Seja qual for o tipo de grupo ambiental ao qual você se junte, há muitos benefícios em fazê-lo. Primeiro, ele lhe dará uma compreensão mais profunda das questões ambientais. Em segundo lugar, lhe dará uma maior apreciação pela natureza e a importância de protegê-la. Em terceiro lugar, irá ajudá-lo a tomar medidas para proteger o meio ambiente, juntando-se a outras pessoas da sua comunidade local.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here